Atriz

Clarissa é atriz formada pela Escola de Arte Dramática de São Paulo e pelo  CPT: Centro de Pesquisas Teatrais dirigido por Antunes Filho. Também é bacharel em História pela Pontifícia Universidade Católica.

Estudou em Londres com o diretor Phillipe Gaulier as modalidades de clown, Shakespeare/ Tchekov, melodrama. Praticou Artes Circenses na Escola de Circo Picadeiro e trabalhou na área com diversos grupos como Circo Mínimo, Central do Circo, etc.

Entre seus principais trabalhos em teatro destacam-se: Paraiso, Zona Norte, direção de Antunes Filho, Luzes da Bohemia, direção de William Pereira, Prelúdico para Clowns e Guitarra, direção de Criatiane Paoli-Quito, Rosalina, direção de Miro Rizzo, Cacos de Vidro no Jardim Molhado, direção de Miriam Rinaldi, Assim é se lhe Parece, direção de Marco Antônio Pamio, Hotel Mariana, direção de Herbert Bianchi, indicado ao Prêmio Shell de 2017,pela dramaturgia.

Em televisão realizou o projeto Direções para a TV Cultura, atuando no episódio O Homem do Saco de Bosco Brasil, com direção de Débora Dubois e a novela Carrossel do SBT no papel de Joana, babá de Maria Joaquina. Fez participações em séries como Lili, a ex do canal GNT e diversos comerciais para produtos como Claro, Vivo, Skin, etc.

Também lecionou teatro e circo em diversas oficinas culturais em Sescs e prefeituras de São Paulo e Taboão. Trabalhou como coordenadora e professora do projeto de arte educação para crianças Cooperação Criativa na Escola Galpão do Circo por oito anos.

Atualmente trabalha como atriz no espetáculo documental Hotel Mariana, direção de Herbert Bianchi que utiliza a ténica de teatro Verbatim. O espetáculo foi indicado ao prêmio Shell de Teatro por sua dramaturgia e no momento, faz turnê pelo interior do estado através do Sesc e Sesi.

Atriz da Estelar de Teatro, em Matriarcado de Pindorama, Invasores de Sistemas e na pesquisa criativa de Matriarcado América.