A trajetória de Caim contada por um grupo de mimos errantes, artistas ambulantes e populares que desde tempos imemoriais circulam pela Terra: desde a marca recebida de Deus às novas marcas em cada encontro que tem em sua vida – a fogosa Lilith, a Japonesa e uma poetisa cátara.
      Autonomia, escolhas, transgressão, amor, a potência artística, a sombra como elementos gerador de uma luz ainda desconhecida, novas possibilidades de relacionamentos e de interação com a terra e com o homem, a arte como parceira da poética do público, que o convida a utilizar sua imaginação criativa para preencher suas lacunas poéticas, os limites do tempo e do espaço são os principais temas do espetáculo.

2012